Página Inicial            Plano Anual de Actividades            Pólos            Horários            Guia do Jovem Leitor

 

REGULAMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA ESCOLAR / CENTRO DE RECURSOS

ARTIGO 1º

DEFINIÇÃO

A Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos do Agrupamento de Estabelecimentos de Educação e Ensino de Portel – adiante designada por BE/CRE – é um espaço vocacionado à leitura, à defesa e promoção da cultura e actividades lúdicas, constituída por um conjunto de recursos materiais (instalações e equipamentos) e por suportes de informação (escritos, audiovisuais e informáticos), organizados de modo a facilitar a sua utilização pela comunidade escolar.

ARTIGO 2º

OBJECTIVOS DA BE/CRE

São objectivos da BE/CRE:

1 – Estimular a criatividade, a curiosidade intelectual e o sentido crítico dos estudantes, contribuindo para a sua educação, prazer e informação;

2 – Apoiar os programas curriculares – proporcionando abordagens diversificadas do processo de ensino/aprendizagem – de modo a promover o sucesso escolar;

3 – Incentivar a participação activa dos alunos na construção do seu próprio conhecimento;

4 – Disponibilizar suportes de informação com vista ao desenvolvimento das capacidades de autonomia e à aquisição de competências de Recolha, Tratamento e Utilização da Informação;

5 – Promover o contacto com as novas tecnologias;

6 – Contribuir para a formação profissional dos docentes;

7 – Motivar os alunos para que recorram periodicamente à Biblioteca como meio de informação e formação contínua;

8 – Promover conferências, colóquios, encontro de escritores, concursos de leitura/escrita e outras actividades culturais ligadas à biblioteca;

9 – Criar espaços para exposições alusivas a datas comemorativas de relevo, destaques de livros, notícias de interesse escolar/comunitário e/ou trabalhos/elaborados pelos alunos.

ARTIGO 3º

RECURSOS DA BE/CRE

1 – Espaço físico da BE/CRE

A BE/CRE é constituída por uma sala ampla onde se encontram os diversos sectores, como sejam:

a)      Zona de Leitura – ZONA A

b)      Zona de Vídeo – ZONA B

c)      Zona Áudio – ZONA C

d)      Zona Multimédia – ZONA D

e)      Zona Lúdica – ZONA E

2 – Recursos Humanos

A equipa coordenadora é constituída por um Professor, que é o Coordenador, uma Auxiliar de Acção Educativa e uma Animadora Sócio-Cultural.

a)      São atribuições da Coordenadora da BE/CRE:

»    Classificação e Indexação dos documentos;

»    Planeamento das aquisições;

»    Elaboração de Estatísticas Regulares;

»    Organização da correspondência;

»    Planificação e concretização de Actividades;

»    Elaboração e apresentação em Conselho Pedagógico de um Plano de Actividades e de um relatório Anual;

»    Participação em reuniões e Actividades relacionadas com a BE/CRE;

»    Organização e manutenção do espaço da BE/CRE;

»    Orientação dos utilizadores;

»    Preparação de Leccionação de aulas na BE/CRE em conjunto com os professores interessados e com a Animadora Sócio-Cultural;

»    Preparação e Planificação de actividades para as turmas cujos professores faltem, em conjunto com a Animadora Sócio-Cultural;

»    Controlo dos empréstimos inter-bibliotecas.

b)      São atribuições da Animadora Sócio-Cultural:

»    - O atendimento aos utilizadores;

»    - O controlo da leitura presencial, do empréstimo domiciliário e para as aulas;

»    - O controlo do funcionamento do espaço BE/CRE;

»    - Planificação e preparação em conjunto com a Coordenadora da BE/CRE das actividades referidas no ponto 11 e 12 das atribuições da Coordenadora;

»    - Manuseamento da fotocopiadora;

»    - Controlo de utilização da impressora;

»    - Colaboração com a Coordenadora no tratamento técnico dos documentos (registos, caribagem, cotação, arrumação, informatização).

c)      São atribuições da Auxiliar de Acção Educativa:

»    - O atendimento aos utilizadores;

»    - O controlo da leitura presencial, do empréstimo domiciliário e para as aulas;

»    - O controlo do funcionamento da BE/CRE;

»    - Colaboração no tratamento técnico dos documentos (registos, caribagem, cotação, arrumação, informatização);

»    - Preparação em conjunto com a coordenadora das actividades referidas nos pontos 11 e 12 das atribuições da Coordenadora da BE/CRE.

3 – Recursos Materiais

Na BE/CRE existe mobiliário específico e equipamentos constantes do Inventário do Agrupamento de E.E.E. de Portel.

ARTIGO 4º

UTILIZAÇÃO DA BE/CRE

1 – A BE/CRE estará em funcionamento de 2ª a 6ª e terá o seu horário afixado em local visível;

2 – A ZONA A – leitura – destina-se à leitura, investigação individualizada/consulta silenciosa e trabalhos de turma;

3 – As ZONAS B,C e E – vídeo, áudio e lúdica – destinam-se à visualização de vídeos, audição de CDs e actividades de carácter lúdico, integradas no âmbito da BE/CRE;

4 – A ZONA D – multimédia – destina-se à exploração de CD-roms, pesquisa na Internet, realização de trabalhos de grupo e de carácter lúdico;

5 – A Recepção, destina-se exclusivamente a ser usado pela Coordenadora, pela Animadora Sócio-Cultural e pela Auxiliar de Acção Educativa;

6 – O serviço da BE/CRE é de livre acesso aos Professores, Alunos e Auxiliares de Acção Educativa do Agrupamento de E.E.E. de Portel;

7 – O serviço da BE/CRE pode ser acedido pelos Pais/Encarregados de Educação, quando solicitado previamente à Coordenadora;

8 – O serviço da BE/CRE só pode ser utilizado para empréstimo domiciliário apenas pelos utilizadores referidos nos números 6 e 7 e conforme estipulado no artigo 6º deste regulamento;

9 – Não é permitida a entrada na BE/CRE material do tipo: mochilas, pastas, malas;

10 – O utilizador deverá comunicar à equipa da BE/CRE qualquer estrago nos documentos emprestados ou consultados;

11 – As instalações da BE/CRE não podem ser utilizadas para outros fins, a não ser último recurso e com autorização prévia da Equipa da BE/CRE;

12 – Não são permitidos comportamentos que prejudiquem os trabalhos dos outros utilizadores;

13 – Os documentos consultados não deverão ser recolocados nas estantes, mas sim no local indicado para o efeito;

14 – Não é permitido escrever nos livros e demais documentos;

15 – Considera-se deterioração: cortar, rasgar, arrancar, escrever, pintar,...;

16 – As turmas acompanhadas pelos professores poderão utilizar o espaço da BE/CRE para actividades/aulas em que seja considerado um recurso importante. As sessões devem ser marcadas com 48 horas de antecedência, junto da qualquer membro da Equipa da BE/CRE;

17 – Os utilizadores do equipamento informático não podem:

a)      Alterar as configurações do computador

b)      Fazer downloads para o computador

c)      Instalar programas sem autorização da coordenadora da BE/CRE

d)      Copiar qualquer tipo de ficheiros de disquetes para o computador

18 – O desrespeito por estas normas conduz a uma penalização, que pose ir até à proibição total da utilização do respectivo equipamento;

19 – Os utentes do material informático podem:

a)      Utilizar a Internet para pesquisas e outros fins

b)      Fazer downloads para disquetes

c)      Sugerir à Coordenadora da BE/CRE programas cujo interesse justifique a instalação nos computadores

ARTIGO 5º

UTILIZAÇÃO DO FUNDO DOCUMENTAL 

1 – O Fundo Documental da BE/CRE é constituído pelos seguintes tipos de documentos:

a)      Bibliografia Geral (todas as monografias existentes)

b)      Obras de Referência (dicionários, prontuários, enciclopédias e atlas)

c)      Audiovisuais (CDs, vídeos, CDroms, DVDs, Internet e Diapositivos)

d)      Publicações Periódicas (revistas regulares)

2 – Utilização do Fundo Documental Fora do Espaço da BE/CRE:

a)      Exige uma requisição por parte do utilizador

b)      Os professores poderão requisitar, para uso na sala de aula todo o tipo de documento

c)      Os alunos só poderão requisitar Bibliografia Geral e Publicações Periódicas

d)      As Obras de Referência, Audiovisuais e Publicações Periódicas deverão dar entrada no próprio dia da sua requisição

3 – Empréstimo Domiciliário:

a)      O empréstimo domiciliário implica uma requisição

b)      Só os documentos considerados bibliografia geral podem ser requisitados

c)      Toda a comunidade escolar e os pais/encarregados de educação pode beneficiar do empréstimo domiciliar

d)      As obras de Literatura Portuguesa, Infantil/Juvenil e Literatura Geral podem ser requisitados por um prazo de 8 dias

e)      Os manuais escolares podem ser requisitados por um período de 3 dias úteis

f)        O número de documentos para leitura domiciliária não poderá exceder 2 no caso de Alunos e três no caso de Professores, Auxiliares e Pais/Encarregados de Educação

g)      A Equipa da BE/CRE poderá solicitar a antecipação da devolução de qualquer obra, se os pedidos para essa obra forem superiores ao número de exemplares existentes

ARTIGO 6º 

PENALIZAÇÕES

1-     A não devolução das obras no prazo estabelecido implica uma coima de 0,25 €/dia, por documento em atraso

2-     Caso o utilizador não respeite o prazo de entrega previsto no artº 5º, ficará impedido de proceder a nova requisição, enquanto a situação não for regularizada

3-     Em caso de sucessivos atrasos, o utilizador poderá ter a sua inscrição cancelada pela Coordenadora da BE/CRE

4-     O utilizador que retirar material do espaço da BE/CRE sem a devida autorização ficará suspenso por 8 dias

5-     Em casos de perda ou dano de material, seja ele qual for, o utente deverá repor a mesma obra. Caso seja impossível o utente deverá repor o dano com uma obra similar, indicada pela Coordenadora da BE/CRE

6-     O utilizador, que não repuser a obra perdida ou danificada, não poderá fazer novas requisições até à regularização da situação

7-     As verbas resultantes das penalizações reverterão a favor da BE/CRE para aquisição de novos exemplares

ARTIGO 7º

UTILIZADORES 

1- Os principais utilizadores da BE/CRE são os Alunos, Professores, Auxiliares de Acção Educativa

2- Dentro de normas a definir a BE/CRE poderá também ser frequentada pelos Pais/encarregados de Educação quando solicitados por estes

3- Os utilizadores deverão respeitar as normas constantes deste regulamento, tanto no que diz respeito à utilização do espaço da BE/CRE, no que diz respeito à requisição de material

4 São direitos dos utilizadores:

     a) Usufruir de todos os recursos e serviços prestados pela BE/CRE constantes deste regulamento

     b) Retirar das estantes os documentos em livre acesso

     c) Participar em todas as actividades p4romovidas pela BE/CRE

     d) Dispor de um ambiente calmo e agradável, propício à leitura e ao estudo

     e) Requisitar para leitura domiciliária os documentos disponíveis

 
Página Inicial            Plano Anual de Actividades            Pólos            Horários            Guia do Jovem Leitor

início da página